6 dicas para aumentar a visibilidade da sua marca nos e-commerces

4 julho - 2018
4 mins

Segundo o Relatório Webshoppers, realizado pela Ebit, o comércio eletrônico cresceu consideravelmente em 2017. Com um faturamento de R$ 47 bilhões e mais de 55 milhões de e-consumidores no último ano, a expectativa é que o setor continue em plena expansão,  crescendo 12% até o final de 2018.

Esse cenário positivo pode revelar diversas oportunidades para aumentar a visibilidade das marcas nos e-commerces. Por outro lado, é preciso estar atento e observar que um mercado atrativo certamente será explorado por seus concorrentes.

Então, se seu objetivo é sair na frente e alavancar as vendas dos produtos da sua marca em e-commerces, preparamos 6 dicas para você. Continue lendo!

1. Forneça informações completas

Você sabia que as informações detalhadas sobre o produto são um dos 7 principais fatores que auxiliam na decisão de compra online? A pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) revela que o cadastro de produtos pode ser um dos gargalos da conversão. E por isso, sua otimização é tão importante na hora de conquistar o consumidor.

Além disso, esclarecer todas as características do produto é fundamental para reduzir demandas de SAC e possíveis devoluções. Quando o consumidor adquire um produto no e-commerce e percebe que suas características não atendem às expectativas, geralmente a responsabilidade de atendê-lo é do fabricante.

Imagine que sua marca é fornecedora de produtos capilares e agora investe em tratamentos naturais e veganos para os fios. Para vender em e-commerces e gerar visibilidade positiva em torno da marca, é fundamental prover descrições completas para que o cliente entenda exatamente o que está adquirindo. Caso contrário, a experiência negativa com o produto irá prejudicar a imagem da empresa fabricante.

Segundo a Rakuten, 91% dos consumidores se sente mais atraído a realizar uma compra se a oferta mostrar fotos ou vídeos. Por isso, descrições, imagens e preço devem ser claros o bastante para que o consumidor saiba que o produto será capaz de atendê-lo.

Esses fatores otimizam a experiência de compra online e aumentam as chances de fidelizar o cliente, gerando visibilidade da sua marca nos e-commerces.

2. Faça parcerias com varejistas online

Desenvolver estratégias de parceria pode ajudar você a estreitar relacionamentos com os varejistas e aprimorar o cadastro de produtos. Isso inclui descrição detalhada, uso de palavras-chave adequadas, preços atualizados, imagens satisfatórias e estoque considerável.

Assim, você aumentará as conversões e, consequentemente, a visibilidade da sua marca. Esse foi o caso da Nestlé, que ao combinar tecnologia e uma rede colaborativa de fluxo de informações, obteve ótimos resultados em vendas no e-commerce da Drogaria Araújo.

Com um programa de parcerias estruturado você pode, por exemplo:

  • Enviar leads aos melhores varejistas,
  • Reservar um espaço no site institucional da marca para indicar os melhores e-commerces onde encontrar seus produtos.

Se seu site institucional ainda não conta com uma área especial para distribuidores e uma página de “onde encontrar”, é a hora de criá-las! Assim, você consegue valorizar ainda mais os parceiros com quem sua marca melhor se relaciona.

3. Utilize o marketing a seu favor

Considere incluir estratégias de marketing digital em sua proposta de parceria. Os banners, por exemplo, chamam atenção para os produtos no momento em que o consumidor acessa o site do varejista.

O grande benefício de incluir banners da sua marca em e-commerces são os dados de performance. Por meio deles, você é capaz de mensurar impressões, cliques, vendas e traçar estratégias para aumentar a conversão naquele canal.

Além disso, as redes sociais também funcionam como um ótimo canal para direcionar clientes aos seus principais parceiros. Supondo que um e-commerce que distribui seus produtos decidiu destacá-los em uma data sazonal, você pode indicar a loja como opção segura para realizar uma compra.

4. Dê atenção ao SEO para e-commerce

O SEO reúne um conjunto de técnicas que são fundamentais para aumentar a visibilidade em mecanismos de busca. Investir na otimização para buscas em e-commerce é uma das principais e mais baratas alternativas para aumentar as vendas online.

Sabendo disso, ao enviar sugestões de otimização para as varejistas, considere incluir as palavras-chave relacionadas à marca e ao produto. Elas devem estar posicionadas estrategicamente no cadastro de produtos nas seguintes posições:

  • URL da página de produto;
  • Título e descrição do produto na loja;
  • Meta título e meta descrição;
  • Imagens do produto.

Com as estratégias de SEO para e-commerce aplicadas ao site do varejista, o consumidor terá mais facilidade na hora de localizar seus produtos nas buscas. Quanto mais informações relevantes, melhor será o ranqueamento da página nos resultados de pesquisa.

5. Invista em lâminas HTML

As lâminas HTML são utilizadas principalmente no segmento de tecnologia e smartphones. Elas oferecem detalhes sobre o produto da mesma maneira que o rótulo da embalagem. Sendo assim, o que o consumidor encontraria ao ler a embalagem do produto, ele também encontra na lâmina HTML.

As imagens bem produzidas para as lâminas HTML servem para aprimorar a experiência de usuários. O objetivo é apresentar detalhes técnicos e benefícios que fazem toda a diferença na hora da compra. Em diversos segmentos, podem ser incluídos detalhes da composição do produto e modos de uso, por exemplo.

6. Identifique e corrija erros de conteúdo

É imprescindível identificar rapidamente e corrigir erros de conteúdo que possam prejudicar as vendas dos seus produtos nos e-commerces. Por exemplo, se a embalagem ou a composição do produto foram atualizadas pelo fabricante, todos os canais de distribuição devem estar alinhados às novas informações.

Os preços, as imagens e as descrições devem estar sincronizadas com o posicionamento da indústria fabricante. Por meio de ferramentas de monitoramento, você é capaz de identificar quais varejistas estão comercializando seus produtos com informações defasadas e corrigi-las.

Além do mais, as ferramentas também permitem analisar o impacto gerado no sell-out após a atualização das informações. Essa é uma maneira de aumentar o poder de negociação com os varejistas, já que o grande objetivo dos e-commerces é alavancar as vendas!

O comércio eletrônico oferece inúmeras oportunidades para desenvolver a imagem das marcas na internet. Porém, é necessário entender que o sucesso exige cuidados e que a competição no mercado é acirrada. Estar atento aos detalhes e usar a tecnologia a seu favor são fatores indispensáveis para garantir bons resultados. Agora que você já conferiu nossas dicas sobre como aumentar a visibilidade da sua marca nos e-commerces, aproveite para descobrir como precificar seus produtos online!

Quando eu era criança, minha Barbie era a repórter e escrever sempre foi minha maneira preferida de expressão. Descobri o e-commerce, me apaixonei e reuni os dois em forma de carreira. Viciada em pepperoni, passeios ao ar livre e Dota 2.

Deixe um comentário

Por favor, Log in para comentar
avatar
  Seguir  
Notificação de
4 mins
e-commerce quality index

EQI 2019: a qualidade do e-commerce no Brasil, Estados Unidos e América Latina.