Cadastro de produtos: 6 desafios que as indústrias enfrentam e como resolvê-los!

Bookmark(0)

Não é novidade que o e-commerce está se consolidando cada vez mais no Brasil, mas a velocidade em que isso ocorre surpreende até mesmo os que acompanham de perto sua ascensão — em São Paulo, nos primeiros 6 meses de 2020, o e-commerce cresceu o mesmo tanto que havia crescido ao longo dos últimos seis anos!

Contudo, para conseguir aproveitar ao máximo essa expansão no comércio digital, é preciso otimizar a experiência do consumidor e aumentar a conversão de vendas. Nesse sentido, ter um bom cadastro de produtos é um fator de extrema importância, seja para a indústria ou para o varejo.

Continue lendo o texto e descubra os principais desafios da indústria ao cadastrar produtos no e-commerce, e como resolvê-los!

Por que o cadastro de produtos é tão importante para indústria e varejo?

O cadastro de produtos pode até parecer algo simples, mas não se engane: é um elemento de peso para qualquer negócio.

É só imaginar que, caso as informações do seu produto não estejam corretas, isso pode causar uma quebra nas expectativas do consumidor, diminuindo sua satisfação com a compra e podendo, até, levá-lo a solicitar uma devolução. 

Isso configura uma experiência ruim para o consumidor e um prejuízo para o bolso do varejo, que precisará arcar com os custos logísticos de repor, recolher ou trocar as mercadorias. 

Além disso, os dados cadastrais são fundamentais para aumentar a sua conversão de vendas. 

De acordo com dados de Opinion Box, Lett e Rakuten, 53,1% das pessoas que não encontram a informação que querem na página de vendas acabam procurando o produto em outro site, e até 91% dos consumidores se sentem mais estimulados a realizar uma compra se a oferta conter fotos ou vídeos.

A Nestlé, por exemplo, sentiu na pele a importância do cadastro de produtos: após inserir informações completas e atualizadas nas páginas de compra, a multinacional aumentou as vendas de um produto em 40%!

Quais são os 6 desafios mais comuns no cadastro de produtos?

Para que as informações cadastrais não se tornem um empecilho ao seu negócio, é preciso ficar atento a uma série de questões. Por isso, separamos os 6 desafios mais comuns na hora de cadastrar os seus produtos. Confira!

1. Manter as informações centralizadas e atualizadas

Reunir todas as informações necessárias para ativar um novo cadastro sempre foi difícil, visto que esses dados não costumam ficar centralizados em um só lugar.

Além do tempo gasto para receber essas informações e preenchê-las na ficha, outro problema recorrente é a qualidade dos dados, especialmente quando se trata de um produto que já está no mercado e foi atualizado.

Assim, as informações cadastrais se tornam antigas e desatualizadas, comprometendo a eficiência operacional e logística.

2. Oferecer informações técnicas e detalhadas dos produtos

Disponibilizar informações completas e abrangentes é essencial para facilitar a jornada de compras dos consumidores. Pense, por exemplo, no caso de um produto que contenha alergênicos. 

Se a página em que ele está sendo vendido não apresenta esse detalhe, um consumidor desavisado pode acabar tendo uma reação alérgica. Por isso, é sempre importante colocar em detalhes todas as informações técnicas dos seus produtos.

3. Criar descrições completas na páginas de produtos

Em uma loja física, o consumidor pode recorrer aos vendedores para esclarecer dúvidas, o que não acontece no e-commerce. Por isso, é fundamental que as descrições sejam completas e respondam às possíveis dúvidas dos consumidores. 

Entretanto, muitas vezes as descrições nos sites são rasas e repletas de falhas. Segundo o E-commerce Quality Index (EQI), até 96% dos e-commerces brasileiros não oferecem todas as informações que o usuário precisa para realizar uma compra online.

Ademais, a forma em que essas descrições de produtos são colocadas nas páginas também pode fazer toda a diferença, e as empresas que investirem mais em conteúdo e apresentação tendem a se destacar no e-commerce.

4. Cadastrar automaticamente os produtos

É comum as equipes de cadastro de produtos serem enxutas e terem muitas tarefas para realizar. Por isso, o cadastro manual muitas vezes se torna um processo bastante sujeito ao erro humano, com descrições trocadas de produtos, imagens incorretas, conteúdos desatualizados, entre outros.

E como a indústria sempre renova o portfólio com lançamentos, atualizações e inativações de produtos, utilizar um cadastro automatizado se torna ainda mais necessário, tanto para minimizar os erros como para manter as informações sempre atualizadas.

5. Ter uma comunicação efetiva entre fabricante e varejista

Outro ponto crítico é o envio das fichas de cadastro, que acabam sendo distribuídas em diferentes formatos: e-mail, pendrive, até mesmo planilha impressa! Toda essa falta de padronização torna o processo muito mais árduo, complexo e suscetível a falhas.

Além disso, no caso do e-commerce, alguns sites recorrem ao Google para atualizar suas informações cadastrais. Mas quando a fonte da pesquisa não é a própria indústria, os dados nem sempre são confiáveis, o que também pode levar à um cadastramento incorreto do seu produto.

6. Ter transparência na venda online

Ainda hoje, muitas indústrias não sabem ao certo como seus produtos estão sendo vendidos online. Ou seja, com qual imagem, descrição, título, preço, se existem problemas de estoque ou sortimento, entre outras coisas.

Esses e outros dados são essenciais para descobrir exatamente como seus produtos estão sendo vendidos ao consumidor final e, com isso, otimizar a jornada de compras e a conversão de vendas do seu negócio.

Como superar esses desafios no cadastro de produtos?

Já deu pra perceber que existem diversos desafios que podem impedir um cadastro correto e bem feito dos produtos, não é mesmo?

Mas não se preocupe: existem soluções disponíveis no mercado capazes de acelerar, facilitar e aperfeiçoar o seu processo de cadastramento, como o Catálogo Digital de Produtos, desenvolvido pela Lett. 

Com mais de 300 marcas e 200 varejistas no Brasil e na América Latina, o Catálogo Digital reúne todas as informações que você precisa em uma única plataforma. 

Assim, você consegue compartilhar, de uma só vez, imagens, títulos, descrições técnicas, palavras-chave e conteúdos dos produtos com todos os seus varejistas e distribuidores.

A plataforma também é atualizada em tempo real, evitando que as páginas dos seus produtos contenham informações desatualizadas, incorretas ou despadronizadas.

Por fim, o Catálogo é uma ferramenta intuitiva, fácil de manusear, e que pode ser utilizada tanto para as vendas online quanto offline, como um mostruário de apresentação dos produtos nos varejos físicos. 

Então, se interessou? Solicite já uma demonstração e veja na prática como essa ferramenta pode impulsionar seu negócio!

Publicitário pela UFMG, baiano com orgulho e apaixonado por cinema. Atualmente é graduando de economia e adora um bom papo sobre política.

0 0 vote
Article Rating
Seguir
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
e-commerce quality index

EQI 2019: a qualidade do e-commerce no Brasil, Estados Unidos e América Latina.