Como superar o desafio de criar, distribuir e monitorar o conteúdo no e-commerce?

Bookmark(0)

Quando se trata de comércio eletrônico, o ano de 2020 já entrou para a história: mesmo com um trimestre a menos, o faturamento de janeiro até setembro já supera o total de 2019.

Contudo, não basta estar presente no mercado digital para que esse aumento de demanda se transforme em crescimento de vendas dos seus produtos: para isso, é extremamente importante dar uma atenção especial ao conteúdo das páginas de produtos dos e-commerces, como os vídeos, imagens, títulos e descrições dos produtos.

Então, considerando o forte impacto do conteúdo na experiência de compra online, neste texto você vai aprender o passo a passo completo para fazer a criação, distribuição e monitoramento do seu conteúdo para e-commerce!

Por que o conteúdo é tão importante para o e-commerce?

Como falamos no início do texto, o e-commerce continuou em plena expansão em 2020: segundo novo estudo da NeoTrust e Compre & Confie, apenas no terceiro trimestre do ano, mais de 4,7 milhões de pessoas fizeram sua primeira compra online!

Porém, quando analisamos quais são as marcas que apresentam o maior share do faturamento online, percebemos uma forte relação entre oferecer conteúdos completos e de qualidade nas páginas de produtos e converter mais vendas.

É isso que mostra a pesquisa EQI, ou E-Commerce Quality Index, o único indicador que avalia a qualidade do comércio eletrônico a partir do conteúdo das páginas de produtos. 

O EQI utiliza 5 critérios para medir a qualidade do conteúdo nas páginas de produtos: número de imagens, nota média do produto, tamanho do título e da descrição, e a quantidade de comentários.

E de acordo com a pesquisa mais recente, feita no mercado de saúde, higiene e beleza, as marcas que tiveram melhores notas no EQI conseguiram uma fatia maior do faturamento total, como revela a figura abaixo.

share-de-faturamento-top-100-marcas

Além de oferecer uma melhor experiência de consumo e aumentar sua conversão de vendas, investir em conteúdo no e-commerce também é extremamente importante para evitar perdas! 

Afinal, se as informações dos produtos estiverem desatualizadas, erradas ou incompletas, o cliente pode pensar duas vezes antes de comprar, e há maiores chances dele se sentir decepcionado, resultando numa devolução do item.

Então, agora que você já sabe porque é fundamental investir no conteúdo do seu e-commerce, vamos mostrar como criar, distribuir e monitorar o seu conteúdo digital!

Como ter conteúdo de qualidade no e-commerce?

Diante do enorme crescimento do e-commerce, principalmente com a Covid-19 e as medidas de isolamento social, diversas empresas perceberam a necessidade de investir na digitalização das marcas e no conteúdo digital das páginas de produtos nos e-commerces. 

E, para muitos, a resposta veio na forma de um plano de ação com 3 etapas: criação, distribuição e monitoramento do conteúdo digital. 

Vamos agora abordar em detalhes o que significa cada uma dessas ações, bem como você pode implementá-las!

1. Criação de conteúdo

O conteúdo digital são as informações de um produto na página do e-commerce, como as imagens, títulos e descrições.

conteudo-ecommerce-pagina-produtoExemplo de diferentes tipos de conteúdo em uma página de produto no e-commerce. Você confere em detalhes esses e outros formatos no Guia de Conteúdo para Indústrias, produzido pela Lett!

Todos esses dados são extremamente importantes: os títulos, por exemplo, precisam estar otimizados para SEO, pois muitas pessoas encontram os produtos através dos buscadores, e estar na “vitrine” da primeira página faz toda a diferença.

Além disso, na hora de planejar sua criação de conteúdo, a sua meta deve ser sempre oferecer informações detalhadas de todos os seus produtos

É justamente essa mistura de qualidade e volume que torna o conteúdo rico, e isso é essencial para aumentar as chances do consumidor concluir o funil de vendas. 

Lembre-se que a compra online ainda é uma novidade para muitos, e para converter e-shoppers de primeira viagem, é preciso criar uma experiência de consumo que inspire confiança.

Assim, quanto mais informações ricas e de qualidade sua página de produto tiver, menores as chances dos seus usuários terem dúvidas ou inseguranças quanto à compra. Como consequência disso, você aumenta a sua conversão de vendas!

Ainda, não subestime a relevância do aspecto visual em sua experiência de consumo: as imagens aproximam o produto do usuário, e podem ser uma excelente ferramenta para atrair olhares e converter em vendas.

2. Distribuição de conteúdo

Pronto, agora que você já tem um conteúdo de qualidade em mãos, está na hora de pensar em como distribuir esse conteúdo em escala, para que todos os varejistas, revendedores e distribuidores utilizem-os em suas lojas online.

Essa não é uma questão simples, mas existe uma solução prática e gratuita para compartilhar todas as informações dos seus produtos de uma só vez: o Placeholder!

No Placeholder, as indústrias criam o material e disponibilizam, em tempo real, todas as imagens, títulos, descrições e demais conteúdos para os varejos, de forma fácil, prática e 100% online.

Isso significa também que a indústria pode fazer atualizações ou revisões sempre que necessário e em qualquer um dos conteúdos, evitando que seus produtos sejam vendidos fora dos padrões da sua marca.

Essa facilidade em fazer atualizações nos conteúdos dos produtos assegura uma experiência de consumo de qualidade para todos os seus clientes, o que reduz a perda de leads e evita possíveis reclamações ou comentários negativos, que prejudicam sua conversão de vendas. 

3. Monitoramento de conteúdo

Por fim, a terceira e última etapa do plano de ação envolve monitorar como está sendo feita essa distribuição do conteúdo. 

Afinal, por mais que você tenha criado um conteúdo de qualidade e distribuído esse material para revendedores e varejistas, ainda é necessário verificar se, de fato, ele está sendo utilizado corretamente. 

É preciso monitorar se as imagens estão atualizadas e em boa resolução, se as descrições de produto estão corretas e completas, e se seus títulos estão todos otimizados para busca, entre outras coisas. 

E para otimizar a experiência de consumo e impulsionar suas vendas online, é fundamental também medir as avaliações dos clientes e o desempenho dos seus produtos em cada canal de vendas.

O lado bom é que, para tudo isso, você pode contar com o Insights, um conjunto de ferramentas que permite:

  • gerenciar todas as informações de seus produtos de forma simples e inteligente, conectando todos os seus parceiros e clientes;  
  • identificar e solucionar problemas no cadastro de seus produtos no e-commerce para construção de pontos de vendas digitais perfeitos; 
  • monitorar se as imagens utilizadas dos seus produtos estão obsoletas, incorretas ou de baixa qualidade; 
  • acompanhar em tempo real os preços dos seus produtos e de seus concorrentes em cada loja virtual;

E com o Insights, você pode ainda monitorar a execução das campanhas de marketing no canal online e medir seu sell-out por site, categoria, marca ou SKU

Então, quer conhecer melhor todas as funcionalidades do Insights? Acesse o link e faça uma demonstração!

Publicitário pela UFMG, baiano com orgulho e apaixonado por cinema. Atualmente é graduando de economia e adora um bom papo sobre política.

0 0 vote
Article Rating
Seguir
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
e-commerce quality index

EQI 2019: a qualidade do e-commerce no Brasil, Estados Unidos e América Latina.