EQI 2018: Apenas 40% das páginas de produtos no e-commerce brasileiro possuem descrição completa

25 julho - 2018
3 mins

Você investe na descrição dos produtos na sua loja virtual? Segundo a pesquisa E-commerce Quality Index 2018 (EQI), desenvolvida pela Lett, especializada em Trade Marketing Digital, apenas 40% das páginas de produtos no comércio eletrônico brasileiro possuem descrição completa.

O baixo índice mostra que os e-commerces ainda encontram dificuldades para criar descrições atraentes, com todas as especificidades técnicas e mantê-las atualizadas. Contudo, é importante investir nesse atributo, pois quanto mais informações o usuário encontra a respeito do produto, maiores as chances dele concluir a compra.

Quer saber mais detalhes sobre títulos e descrições que foram elencados na pesquisa? Quer ter insights para melhorar esses campos no seu negócio? Então, continue a leitura!

E-commerces se preocupam em inserir títulos claros para os usuários

Os títulos fazem parte da descrição básica de qualquer comércio eletrônico e os e-commerces estão atentos a este elemento. Na pesquisa do EQI, 94% dos produtos passaram no critério de avaliação de título.

O tamanho de título considerado ideal pelo estudo é de 20 a 100 caracteres. Essa quantidade é recomendada para melhorar os índices de SEO da página e transmitir as informações principais para os usuários poderem tomar uma decisão de compra.

Afinal, o título é a primeira coisa que as pessoas veem como resultado em uma pesquisa no Google. Então, dedicar tempo na titulação dos produtos pode fazer diferença para o seu negócio.

Ainda de acordo com o EQI, os segmentos que mais se destacam nesse critério são os de Moda, Acessórios Automotivos, Esporte e Livrarias. Veja o exemplo dos títulos da Netshoes. Eles contêm o nome do item, a marca, o modelo, o gênero e a cor: “Tênis Nike Flex Essential TR Feminino – Preto e Branco”. E tudo isso com apenas 56 caracteres.

descrição do produto e-commerce

Pesquisar muito bem qual a palavra-chave você quer usar e tentar colocá-la no ínicio do título também é uma boa prática para seguir. Isso melhora muito a posição do seu site nos resultados dos mecanismos de buscas, já que o usuário vai encontrar o que precisa logo no título.

Falta de descrições completas prejudicam a performance dos e-commerces brasileiros

O relatório do EQI dividiu a análise das descrições em dois grupos: básicas e completas. Abaixo, você verá os detalhes do resultados de cada uma das áreas:

Descrições básicas

As descrições básicas possuem pelo menos 350 caracteres. E, embora sejam tão relevantes, são consideradas uma das vilãs do varejo eletrônico. Apenas 71% dos produtos passaram neste critério no relatório EQI.

Sabe o que esses números significam? Que 29% das marcas estão perdendo a oportunidade de despertar o desejo de compra do cliente. Isso é visível, principalmente, nos setores de Alimentos, Saúde e Agronegócios, que ficaram entre os que menos investem nesse modelos de descrição.

Portanto, fazer uma descrição básica e objetiva de cada um dos itens da sua loja virtual é importante, pois evita trocas, devoluções e reclamações sobre a sua marca, tornando a experiência do cliente mais positiva.

Descrições completas

Na pesquisa EQI, apenas 40% dos comércios eletrônicos fazem descrições completas dos seus produtos, ou seja, com no mínimo 900 caracteres. Os segmentos que mais se dedicam neste elemento das suas páginas são:

  • Moda, com 90% dos sites avaliados e informando dados mais técnicos sobre o produto;
  • Acessórios Automotivos, sendo 87% dos e-commerces apostando em mais detalhes dos itens;
  • Esporte e Lazer, com 86% das lojas informando detalhes de cada mercadoria.

Duas hipóteses podem ser levantadas para justificar o baixo índice alcançado nos demais setores avaliados: a falta de acesso às informações pelos próprios varejistas e o pouco investimento na área de cadastro de produtos nos sites.

Contudo, aposta nesse elemento é a chance de mostrar ao seu cliente os atributos dos itens da sua página e reforçar a palavra-chave, melhorando as práticas de SEO. Algumas dicas abaixo podem ajudá-lo a melhorar esse requisito na sua loja virtual. Confira:

  • Escreva textos com pelo menos 900 caracteres;
  • Aposte na criatividade e originalidade, usando o storytelling para prender a atenção e aproximação emocional com o cliente;
  • Informe as características técnicas dos produtos, em especial, os eletrônicos, pois o uso errado pode danificá-los;
  • Conte os benefícios do produto e os motivos que ele se destaca dos concorrentes;
  • Se possível, insira depoimentos de clientes, pois transmite a ideia de confiança na marca;
  • Trabalhe a palavra-chave e suas variações, potencializando a sua estratégia de SEO.

O Carrefour, sabe explorar bem as dicas mencionadas anteriormente. Para descrever uma churrasqueira, por exemplo, eles falam cada detalhe do produto. Veja:

 

descrição do produto e-commerce

descrição do produto e-commerce

descrição do produto e-commerce

Conclusão

É certo que ainda há muito o que melhorar nas descrições e títulos dos produtos. Por isso, os dados da pesquisa são tão importantes. Eles trazem insights, que se colocados em prática, podem potencializar o seu negócio no ambiente online.

Entenda melhor o que é o EQI e se quiser saber mais, é só acessar: https://eqi.lett.digital

Quer saber quais outros fatores podem ajudar o seu e-commerce a aumentar as conversões? É só baixar o ebook com a pesquisa completa do EQI! 

Escrever é o que me move, por isso escolhi ser jornalista. Sempre levo um livro na bolsa, gosto de acompanhar tudo sobre tecnologia e troco fácil uma balada pela Netflix.

Deixe um comentário

Por favor, Log in para comentar
avatar
  Seguir  
Notificação de
3 mins
e-commerce quality index

EQI 2019: a qualidade do e-commerce no Brasil, Estados Unidos e América Latina.