Como contratar uma equipe de cadastro de produtos eficiente para o seu e-commerce?

4 julho - 2018
4 mins

Apesar do alto crescimento das vendas online no Brasil, fazer com que um e-commerce seja lucrativo é uma tarefa que exige muita dedicação e esforço. Os desafios enfrentados diariamente são muitos, mas um dos principais é saber contratar uma equipe de cadastro de produtos eficiente. Essa é uma etapa crucial para evolução de qualquer tipo de loja online.

Sem um bom desempenho em SEO (aparecer nas pesquisas no Google) e baixas conversões em vendas, as chances do consumidor desistir da compra são grandes. Se as informações não estiverem completas, o seu e-commerce pode sofrer com reclamações dos consumidores e até pedidos de devolução.

Outro problema é que por ser uma função operacional, é comum a troca de colaboradores, o que acaba causando prejuízos para o negócio, como a necessidade de treinamentos em um curto espaço de tempo, considerando ainda que a maioria dos profissionais não tem conhecimento em ferramentas básicas.

É sobre isso que falaremos no conteúdo de hoje! Descubra o que o candidato precisa saber para ser o membro ideal da sua equipe de cadastro do produtos no e-commerce. Acompanhe!

1. SEO para e-commerce

SEO (Search Engine Optimization) é um conjunto de técnicas que fazem o seu site estar entre as primeiras posições no Google, ou seja, é o que determina se o seu produto vai aparecer, em vez do concorrente, quando procurarem por ele na internet.

Para que esse objetivo seja alcançado, é preciso criar uma página de produto completa, limpa e com informações claras, o que é fruto de um cadastro bem feito.

Portanto, é muito importante que o profissional entenda de SEO para determinar quais palavras-chaves são interessantes para a venda do produto e saiba inseri-las no cadastramento. Esse termo deve constar no título, descrição, imagens primárias e secundárias.

Veja um exemplo prático:

Imagine ter uma loja virtual que trabalhe exclusivamente com cervejas artesanais. Mas, a palavra-chave “cerveja artesanal” não aparece na descrição ou no título da oferta.

Dessa forma, quando um usuário procurar por “cerveja artesanal”, seu site provavelmente não aparecerá no Google e consequentemente, você não venderá seus produtos.

Portanto, conhecer de SEO para e-commerce é dos principais requisitos para trabalhar com cadastro de produtos. Para isso, é importante que o profissional saiba utilizar ferramentas básicas, como Google Keyword Planner, SemRush e Google Trends, por exemplo.

2. Excel

É comum que o responsável pelo cadastro de produtos tenha que lidar com planilhas do Excel para acompanhar os dados de vendas da loja online. Geralmente, ele envia essas informações para os fabricantes acompanharem as conversões online.

Sendo assim, é importante que a pessoa tenha pelo menos um conhecimento básico na ferramenta. Não precisa entender a fundo, mas é necessário saber lidar com dados rotineiros.

Apesar de não ser um pré-requisito, contratar alguém que já saiba trabalhar com o Excel economiza tempo e esforço.

3. Tratamento de imagens

Geralmente, as lojas online possuem um tamanho padrão de imagem para serem inseridas no momento do cadastro e isso pode variar de site para site. Então, se o profissional souber redimensionar imagens e até mesmo tratá-las basicamente é um diferencial.

Não é preciso fazer montagens incríveis e nem tratá-las em todos os detalhes. Mas adequar ao tamanho correto, corrigir cor e brilho é algo importante para a função.

A imagem é um dos principais pontos que os usuários olham na hora da compra de um produto. Portanto, imagens desatualizadas ou de baixa qualidade podem fazer o consumidor abandonar o carrinho ou gerar reclamações.

E os resultados são alarmantes: apenas 34% dos e-commerces brasileiros possuem imagens extras ou secundárias, que fazem toda diferença no momento da compra.

4. Boa comunicação

Mesmo sendo uma função mais operacional, a pessoa tem que enviar emails e manter um bom relacionamento com os fornecedores, ou seja, as marcas que vendem no seu e-commerce. Está aí mais um motivo para a exigência de um bom português.

Saber escrever email e até mesmo ter conhecimento em ferramentas de email marketing é certamente um diferencial. Assim, a pessoa consegue executar tarefas mais estratégicas e tem contato com pessoas fundamentais para o desenvolvimento e evolução da loja online.

5. Proatividade  

Ser proativo é uma característica essencial para o profissional que irá atuar com cadastro de produtos. Estudar, pesquisar e encontrar novas maneiras de melhorar a experiência de compra online são diferenciais que mudam todos os resultados do e-commerce.

O cadastro de produtos parece ser uma tarefa simples, mas precisa ser feita cuidadosa e detalhadamente. Caso contrário, irá prejudicar o ranqueamento do site e as vendas. Ter um profissional proativo na equipe ajuda a evitar pequenos problemas e amplia os resultados.

6. Ferramentas de gestão de conteúdo

Além dessas características, é importante que você como gestor, promova a utilização de uma ferramenta de gestão de conteúdo para auxiliar no dia a dia desse profissional.

Em virtude do alto volume de informações dos produtos, fazer o cadastro manualmente é algo muito trabalhoso. Com um software especializado, a eficiência da sua equipe aumenta consideravelmente já que é possível padronizar e automatizar a qualidade do conteúdo no site. Essa é uma grande vantagem, já que mesmo se um membro do time for trocado, a curva de aprendizado de novas pessoas diminuirá bastante.

A facilidade de comprar pela internet tem atraído mais e mais brasileiros. O problema é que os consumidores estão cada vez mais exigentes, por isso, ter uma equipe de cadastro de produtos eficiente faz toda diferença. Afinal, são essas pessoas que vão levar os itens da sua loja até os consumidores.

Mas sabemos que contratar profissionais com esse perfil não é algo tão simples. Por isso, com essas dicas, esperamos que você consiga contratar colaboradores que vão impulsionar o seu e-commerce.  

E aí, ficou mais alguma dúvida sobre a contratação da sua equipe de cadastro de produtos no e-commerce? Agora é hora de se atentar a outro ponto importante: você sabe como identificar quando algum produto está com falta de informações ou elas estão desatualizadas? Descubra! 

Especialista em Inbound Marketing na Lett e uma jornalista apaixonada pelo que faz. Fascinada por viagens e que adora experimentar comidas diferentes.

Deixe um comentário

Por favor, Log in para comentar
avatar
  Seguir  
Notificação de
4 mins

EQI: a primeira pesquisa que avalia a qualidade do e-commerce brasileiro.