Grupo GPA cresce 198% no e-commerce no último trimestre de 2020

Bookmark(0)

O Grupo GPA, detentor das marcas Pão de Açúcar, Extra, Compre Bem, James Delivery e Éxito, revelou os números do quarto trimestre do e-commerce de 2020 da empresa e o crescimento da marca foi impressionante. 

Só no Brasil, o segmento online do grupo cresceu 198%. Por trás desses resultados, houve alguns desafios e muitas estratégias focadas no digital. 

gpa e-commerce

Quais lições a sua marca pode tirar desse case de sucesso? Separamos os principais insights para você. Confira!

Os desafios da pandemia para o Grupo GPA

A pandemia foi um dos grandes fatores para o crescimento do e-commerce. De repente, não se podia mais fazer compras essenciais em ambientes físicos. Ao mesmo tempo, as pessoas precisavam continuar abastecendo suas dispensas. 

Nesse cenário de incerteza e caos, os supermercados precisaram se adaptar aos novos hábitos dos consumidores. Afinal, comprar alimentos e bebidas online não era comum e o aumento da demanda tornou o processo de vendas online ainda mais desafiador.

Assim como outras empresas do setor, o Grupo GPA enfrentou obstáculos. No início do surto do Covid-19 no Brasil, os clientes chegaram a esperar mais de duas semanas pelas entregas de pedidos feitos pela internet.

A empresa ainda teve que enfrentar outro problema muito comum das lojas virtuais brasileiras: a disponibilidade de estoque. Em algumas unidades do supermercado em São Paulo, chegou a faltar farinha, macarrão e álcool em gel.

O foco no digital e os lucros com o e-commerce

Um ano depois, o jogo virou. A pandemia mostrou que o segmento de alimentos e bebidas, por exemplo, tem tração e demanda. Entenda no diagrama abaixo um pouco sobre o ciclo do e-commerce em 2020, de acordo com o E-commerce Quality Index 2020:

gpa e-commerce

Essa característica, combinada com estratégias eficientes para oferecer uma boa experiência de compra ao cliente, fizeram o Grupo GPA Brasil ser destaque no e-commerce em 2020, fechando o quarto semestre do ano com as seguintes conquistas:

  • Aumento de 198% nas vendas online.
  • R$ 1,1 bilhão de receita no ano, um crescimento 3 vezes superior a 2019 no mesmo período.
  • 12% da venda de alimentos agora são feitas online.
  • Aumento da penetração para 5% da venda de alimentos no e-commerce brasileiro.
  • Base de clientes omnichannel consolidada e que consome, em média, 2,7 vezes mais que um cliente que compra apenas na loja física. 

gpa e-commerce

Além disso, no balanço anual em 2020, as operações do Grupo GPA no Brasil e na Colômbia mantiveram a liderança do e-commerce alimentar, com crescimento anual de vendas de 203% e 166%, respectivamente.

gpa e-commerce

As estratégias do Grupo GPA por trás do sucesso no e-commerce

Criar um ecossistema digital foi imprescindível para a empresa alcançar um resultado tão expressivo. No relatório divulgado pela empresa, afirma-se que:

A rentabilidade da operação de e-commerce do GPA já é superior ao breakeven, com geração de caixa suficiente para financiar o crescimento da plataforma digital.

gpa e-commerce

No último trimestre, a companhia focou em três pontos para se fortalecer no ambiente online.

Ampliação dos modelos de entrega

O Grupo GPA investiu ao longo de 2020 em diversificar os seus modelos de entrega. Assim, conseguiram operar com mais agilidade e satisfazer as demandas do consumidor. Para isso, foram expandidos as seguintes opções:

Express e Clique & Retire

Os clientes puderam comprar e coletar os itens no mesmo dia. Também tinham acesso à opção de e-commerce express. Resultados:

  • 289 lojas do grupo passaram a oferecer essas soluções em dezembro de 2020.
  • Os dois canais somados representaram 52% da venda online da empresa.

Isso reforça o foco da companhia em oferecer uma experiência omnichannel cada vez mais completa para o cliente. 

Entrega tradicional

Para suprir o volume de vendas, que aumentaram em 128% no quarto trimestre de 2020, o grupo abriu 4 novos mini centros de distribuição. Assim, as entregas tradicionais ficaram mais rápidas.

Solução last mile

Houve uma expansão da solução last mile, que é voltada para os aplicativos de delivery para 355 lojas em 32 cidades. Com isso, a empresa registrou:

  • Aumento de 543% de GMV (volume bruto de mercadoria, tradução livre).
  • Crescimento de 316% no número de pedidos.

Parceria com startups

O foco em inovação e no digital foi além de encontrar soluções imediatas. O Grupo GPA tem mais de 100 startups inseridas no seu ecossistema, que são responsáveis por desenvolver inovações que englobam desde o ponto de venda até o backoffice. 

Além disso, são 25 squads multidisciplinares que trabalham com transformação digital para trazer mais agilidade nas entregas.

Uma delas é a Lett, no qual o GPA utilizada o nosso catálogo digital chamado Placeholder para inserir as informações sobre os produtos no e-commerce de forma atualizada e correta. 

A ferramenta é alimentada pelos próprios fornecedores que disponibilizam gratuitamente para os varejistas conteúdos como: imagens, título, descrição, vídeos, lâminas HTML e muito mais. Assim, o GPA e outros varejistas têm acesso a todas as informações que precisam para melhorar a experiência de compra online e aumentar as vendas no e-commerce. 

Lançamento do marketplace

A empresa lançou no final de 2020 o seu próprio marketplace. Para o início da operação, foram escolhidas as seguintes categorias para vendas:

  • Bebidas
  • Brinquedos
  • Produtos para pets

Isso mostra o quanto a empresa está alinhada com o mercado virtual. Todas essas categorias, por exemplo, se destacaram durante a pandemia, como mostra a pesquisa E-commerce Quality Index (EQI).

gpa e-commerce

A aposta já nasceu visando a mudança de comportamento do consumidor, que passou a comprar nesse tipo de plataforma com mais frequência. Além da entrega de produtos, o marketplace oferece a entrega de kits de produtos e cestas completas para se diferenciar dos concorrentes.

Planos do Grupo GPA para 2021

A liderança conquistada pelo Grupo GPA no e-commerce foi muito bem estruturada. Para 2021, os objetivos são aproveitar ainda mais o potencial do mercado digital. Para isso, a empresa pretende:

  • Crescer seu marketplace próprio.
  • Fortalecer de verticais no 1P (venda direta) em categorias como produtos de bebê, bebidas e produtos de limpeza, que são compras recorrentes na cesta de itens alimentares.
  • Expandir o raio de entrega em todas as modalidades.
  • Melhorar ainda mais a base de dados dos clientes por meio de programas de fidelidade já existentes. 
  • Fazer parcerias externas para a atuação como seller em marketplace de terceiros, ação já iniciada com a parceria feita com o Mercado Livre

Tudo isso é com o objetivo de atingir uma meta ainda maior em 2025: alcançar a casa dos R$48 bilhões em vendas no varejo digital de alimentos.  

Em um ano de transformação profunda no modo de viver e de consumir, o mercado de e-commerce alimentar conseguiu se destacar e o Grupo GPA é um exemplo disso.

Portanto, investir em ações focadas em melhorar a experiência do consumidor e que aproximem a indústria do varejo é o caminho. 

Ficou interessado no assunto e quer entender como traçar estratégias inteligentes entre indústria e varejo? Então, conheça o nosso guia sobre Joint Business Plan e aumente suas vendas no canal digital!  

Os resultados completos do GPA que apresentamos aqui estão nesse relatório.

Escrever é o que me move, por isso escolhi ser jornalista. Sempre levo um livro na bolsa, gosto de acompanhar tudo sobre tecnologia e troco fácil uma balada pela Netflix.

0 0 vote
Article Rating
Seguir
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

EQI 2020: a qualidade do e-commerce sob a perspectiva do consumidor final.