O que é sell-out?

29 janeiro - 2019
2 mins

O consumidor mudou, e muito. Com os novos comportamentos de consumo, restringir-se a lançar produtos e repassá-los para o distribuidor pode não ter mais os resultados esperados. É preciso ir além e trabalhar em conjunto para gerar valor.

Pesquisas mostram que, geralmente, os usuários têm de 6 a 8 pontos de contato com a marca antes de realizar uma compra. Portanto, as relações com os fabricantes estão se tornando cada vez mais fragmentadas.

Então, como as indústrias podem se preparar e posicionar seus produtos para esse novo momento? Se você pensou em ações de marketing, pensou errado! Não adianta apostar em milhares de canais de divulgação, se não souber como mensurar o resultado final em vendas.

Por isso, hoje vamos falar de sell-out. Se você ainda não sabe o quanto esse termo tem impacto nas operações da indústria, continue lendo!

Sell-out: o conceito

O sell-out são dados de vendas do e-commerce que detalham a transação realizada entre o varejo e o consumidor final. Parece um pouco distante da realidade do fabricante, não é mesmo? Entretanto, esses dados impactam diretamente nas vendas e estratégias online das indústrias.

Sua marca precisa saber o quanto ela vendeu em cada e-commerce para determinar as ações seguintes, não é mesmo? Por isso, o sell-out é fundamental!

Os dados de sell-out podem ser:

  • quantidade adquirida;
  • data da compra;
  • preço;
  • características do produto.  

sell-out

Obter as informações acima é extremamente relevante, pois elas detalham as conversões de uma loja virtual. Com esses dados, o fabricante consegue compreender quais são os produtos que realmente têm saída no e-commerce.

Além disso, é com o sell-out que você consegue medir o desempenho das suas campanhas, calcular o ROI das suas ações de trade, comerciais, marketing, dentre outras!

Por que investir em sell-out?

Por mais que seja muito importante manter os distribuidores ativos, todo esse processo funciona em uma cadeia. De nada adianta investir no sell-in se os produtos não girarem no e-commerce. Quando o varejista não tem bons resultados, o distribuidor perde vendas, assim como o fabricante.

Com tantas mudanças no comportamento de consumo, saiba que é fundamental ir além do sell-in. O consumidor dificilmente aceita produtos “empurrados” e hoje busca diferentes experiências nesse sentido.

Dessa forma, sua marca precisa garantir que o produto seja bem aceito pelo consumidor final, gerando valor para ele. E aí que entram os dados de sell-out!

Geração de oportunidades por meio do sell-out

Embora o sell-out possa gerar bons resultados na cadeia de suprimentos, ainda há pouco investimento das indústrias no relacionamento com o shopper — o que se mostra um desafio e uma grande oportunidade.

Acompanhar os dados de sell-out auxilia na velocidade da tomada de decisões, impedindo que a indústria desperdice investimentos em produtos de baixo giro ou em canais de marketing que não trazem bons resultados.

E não é só isso, pois a área de desenvolvimento de novos produtos pode se beneficiar muito com os insights gerados. Com mais conhecimentos sobre o consumidor de diversos varejistas, é possível desenvolver linhas de produtos mais assertivas e já garantir mais vendas para o e-commerce.

O sell-out é um estágio essencial da cadeia comercial, pois é nele que se concentra o escoamento dos produtos. Hoje, o consumidor é quem dita as regras do mercado e é preciso se adaptar às suas expectativas.

Agora que você já sabe da importância do sell-out na cadeia comercial, é hora de se aprofundar nesse assunto, confira o ebook Como coletar dados de sell-out no e-commerce de forma eficiente?

Quando eu era criança, minha Barbie era a repórter e escrever sempre foi minha maneira preferida de expressão. Descobri o e-commerce, me apaixonei e reuni os dois em forma de carreira. Viciada em pepperoni, passeios ao ar livre e Dota 2.

Deixe um comentário

Por favor, Log in para comentar
avatar
  Seguir  
Notificação de
2 mins
e-commerce quality index

EQI 2019: a qualidade do e-commerce no Brasil, Estados Unidos e América Latina.