Como fazer o planejamento de palavras-chave para o SEO do seu e-commerce

Bookmark(0)

Os negócios digitais têm ganhado cada vez mais espaço, tanto por sua praticidade quanto pelo crescimento do mercado. Isso não significa, no entanto, que eles não exijam trabalho duro e a adequação a algumas particularidades.

Entre todos os detalhes que o empreendedor que vai vender pela internet precisa se atentar, o SEO para e-commerce é um ponto fundamental da estratégia. Portanto, ao longo deste artigo, vamos entender a importância do planejamento das palavras-chave e o passo a passo para incluir esse tipo de ação em seu plano de marketing. Vamos lá?

A importância do planejamento no SEO para e-commerce

O SEO é um ponto muito estratégico do planejamento de um negócio digital. Isso porque a otimização do seu e-commerce para buscas orgânicas pode atrair um número maior de visitantes para seu site.

Sua loja passa a ter outros canais fora o tráfego gerado por anúncios pagos, seja no Google, no YouTube ou no Instagram, por exemplo. Você aparecerá nos resultados de buscas de usuários que procuraram ativamente por produtos que sua loja oferece.

Apesar de apresentar resultados a médio prazo, o investimento no SEO para e-commerce traz retornos sólidos às lojas virtuais. Por isso, ignorar essa parte da estratégia de marketing digital não é indicado.

Tendo isso em mente vamos nos aprofundar nas dicas para o planejamento de palavras-chave em sua loja virtual.

Passo a passo para o planejamento de palavras-chave

O uso de palavras-chave é um dos pontos que podem fazer a diferença no SEO para e-commerce. Partindo disso, é hora de falar do passo a passo para seu planejamento.

1. Palavras-chave de partida

Quando você vai criar uma loja virtual sabendo quais tipos de produto vai vender, já existe uma dica sobre quais palavras-chave que pode usar em seu site. Muitos lojistas partem desse ponto para criar os termos da sua estratégia de SEO.

As hipóteses são o ponto de partida do seu planejamento, mas lembre-se: elas podem não ser usadas, dependendo dos próximos passos. Isso porque a tendência é que você trabalhe com termos mais genéricos, conhecidos como short tail keywords.

O problema de parar por aí é que essas palavras-chave genéricas costumam ser mais concorridas. Nesse cenário, seu e-commerce precisará disputar as primeiras posições do Google com sites de grandes varejistas, que possuem muito mais tráfego e autoridade — o que ajuda a colocá-los no topo das páginas de resultados.

Portanto, parta das suas hipóteses, mas não encare esse trabalho como encerrado. A partir daí, hora de comprovar quais podem ser boas palavras-chave para sua loja virtual.

2. Ferramentas para o planejamento

Depois de criar uma lista de palavras-chave possíveis para o seu site ficar bem ranqueado nas buscas orgânicas, você pode acessar alguma das ferramentas a seguir para validar suas hipóteses.

A opção gratuita é o Ubersuggest. Já o Ahrefs e o SEMrush são pagos, porém oferecem mais funcionalidades. Em todas elas, você pode analisar o volume de buscas e a dificuldade de de ranqueamento por cada palavra-chave que você pensou inicialmente.

Além disso, elas oferecem sugestões de termos relacionados e de long tails, ou seja, de palavras-chave mais longas e específicas que tenham a ver com o que você estava buscando.

Outra funcionalidade interessante a se explorar nessas ferramentas é a de examinar os domínios dos seus concorrentes. A partir daí, você pode observar quais páginas deles têm um bom desempenho nas buscas, mais tráfego e para quais palavras-chave costumam aparecer nos resultados das pesquisas no Google.

Essas informações podem trazer bons insights para que você passe à próxima etapa, a de escolher os termos que você vai utilizar em sua loja virtual.

3. Escolha dos termos

Feita sua pesquisa pela ferramenta de sua preferência, chegou o momento de selecionar as palavras-chave mais adequadas para seu e-commerce.

Considere a melhor relação entre o volume de buscas e a dificuldade de ficar bem posicionado. Afinal, de que adianta escolher termos que possuem milhares de buscas mensais se for muito difícil ficar na primeira página de resultados? Dessa forma, pode valer mais a pena tentar ranquear para palavras com volume menor de buscas, mas mais fáceis.

Além disso, vale ressaltar que as keywords escolhidas por você devem ter relação com os produtos que você vende. Caso contrário, você pode até ficar bem posicionado nos resultados do Google, mas as chances de conversão pelos visitantes serão bastante pequenas.

Em quais campos utilizar as palavras-chave?

A depender da plataforma de e-commerce que você utilizar, ela já terá o sistema otimizado para SEO. Todavia, para potencializar esse trabalho, vamos ver agora alguns campos do seu site em que você pode utilizar as palavras-chave que selecionou. Assim, você aumenta as chances de ficar bem posicionado para as buscas desses termos.

URLs

Na hora de editar o endereço das páginas de produto que você criar, inclua a palavra-chave. Por exemplo, se o termo for “camisa feminina florida”, você pode fazer a URL ser: www.dominiodasualojavirtual.com.br/camisa-feminina-florida.

Assim, você já indica no endereço da página sobre que assunto trata ali. Os robôs do Google fazem essa leitura e classificam aquele site na hora de apresentar os resultados das buscas por aquele termo.

Títulos

Os títulos de páginas e de produtos também devem conter as keywords planejadas. Dessa forma, você deve identificar uma oportunidade para cada produto que você venda.

É indicado utilizar palavras-chave long tail mais específicas para o público. Não deixe de colocar os pontos diferenciais e que as pessoas costumam procurar.

Imagine que você é uma loja de notebooks para jogos. O seu diferencial pode ser vender laptops com a placa de vídeo dedicada. Portanto não deixe de falar isso no título do seu produto.

Descrições

As descrições dos produtos, além de serem originais e bem descritivas para que o consumidor conheça bem o artigo antes de comprá-lo, devem incluir as palavras-chave. Procure utilizá-las de maneira natural ao longo do texto.

Arquivos das imagens

Ao cadastrar as fotos dos seus produtos em sua loja virtual, nomeie os arquivos das imagens de modo a incluir as palavras-chave de cada um deles. Para o exemplo da camisa feminina florida, você pode nomear as fotos de variações do artigo como:

  • camisa-feminina-florida-azul
  • camisa-feminina-florida-verde
  • camisa-feminina-florida-rosa

Pronto para otimizar seu SEO para e-commerce?

O planejamento das palavras-chave em sua loja virtual pode mudar a forma como os robôs do Google entendem seu site e o apresentam nos resultados de busca. Por esse motivo, fazer isso de forma consciente e bem programada é fundamental. A médio prazo, os resultados serão visíveis!

Então, está pronto para otimizar seu SEO para e-commerce e planejar suas palavras-chave?

Victoria Salemi é a editora responsável pelas parcerias de conteúdo da Nuvemshop, a maior plataforma de comércio digital da América Latina, com mais de 30 mil lojas ativas. Formada em Jornalismo, ama escrever e tornar assuntos complicados acessíveis a todos!

0 0 vote
Article Rating
Seguir
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
e-commerce quality index

EQI 2019: a qualidade do e-commerce no Brasil, Estados Unidos e América Latina.