O que é Trade Marketing Digital?

3 julho - 2018
6 mins

Se você trabalha com vendas físicas, é bem provável que já tenha ouvido falar e até executar ações de Trade Marketing no ponto de venda. Isso não é novidade para a maioria das marcas e varejistas, mas como aplicar essa estratégia às vendas online?

O hábito de consumo das pessoas mudou drasticamente nos últimos anos. Hoje utilizamos a tecnologia para fazer qualquer tipo de compra seja no ambiente físico ou no online.

Quando o consumidor vai em uma loja física, por exemplo, de lá mesmo ele acessa o celular para comparar preços, ver modelo do produto, analisar avaliações de outros consumidores. Tudo ao mesmo tempo.

Estudos ainda apontam que consumidores que usam algum dispositivo móvel durante a jornada de compra tem uma taxa de conversão 40% maior.

Então, agora o principal desafio é conquistar clientes nos canais digitais. É aí que entra o Trade Marketing Digital, que tem como objetivo oferecer a melhor experiência de compra possível no ambiente online.

E diante de um consumidor cada vez mais conectado, marcas que não traçam estratégias de Trade Marketing Digital acabam perdendo muitas oportunidades de negócio e são engolidas por concorrentes cada vez mais vorazes.

Mas, afinal, o que é esse conceito? É sobre isso que vamos falar no post de hoje. Confira!

O que é Trade Marketing?

Antes de entrarmos no universo digital, é preciso entender o que é Trade Marketing. Inicialmente, esse termo foi criado para que fabricantes e marcas pudessem fazer marketing, promoções e campanhas dentro do ponto de venda.

O conceito foi amadurecendo e com o passar do tempo tornou-se uma estratégia importante para aproximar cliente e marca.

O foco do Trade Marketing é promover os produtos dos fabricantes nos locais onde o consumidor realiza a sua compra. Isso pode ser em um supermercado, uma feira ou um shopping.

Trade Marketing é conhecer o shopper e entregar para ele o valor da experiência de compra no ponto de venda.

Segundo a Nielsen, 70% das decisões de compra são feitas de frente para a gôndola, sendo que 50% delas são realizadas por hábito. Isso significa, por exemplo, que a maior parte das pessoas quando entra em um supermercado para comprar uma cerveja, só decide qual marca levar na hora de colocar o produto no carrinho.

Isso quer dizer que é fundamental que o produto seja facilmente encontrado pelos consumidores dentro do ponto de venda, tenha uma boa apresentação e um preço competitivo.

Esses fatores são decisivos para fazer o shopper comprar o seu produto e não o do seu concorrente.

Afinal, o que é Trade Marketing Digital?

Agora é hora de entender o que é Trade Marketing Digital. Esse conceito possui as mesma funções do termo tradicional, porém o foco do trabalho é no ambiente online.

Sendo assim, Trade Marketing Digital é a área responsável por conquistar o cliente no ponto de venda digital, ou seja, em e-commerces.

As facilidades da internet fizeram o shopper se sentir à vontade para fazer suas compras online, mas não basta vender o produto no comércio eletrônico. É preciso ir além para conquistar e fidelizar usuários cada vez mais exigentes.

O consumidor mudou

Imagine que seu produto está sendo vendido em mil lojas físicas e a sua equipe de trade está fazendo uma execução perfeita em cada uma delas. Será que isso é suficiente para você fortalecer a presença da sua marca e aumentar o seu sell-out? Provavelmente não!

E qual é o motivo disso? Os hábitos de compra dos consumidores mudaram e mudaram muito. Independentemente se o consumidor vai fazer a compra em uma loja física, ele busca informações de confiança na internet.

O contrário também acontece. Por exemplo, imagine que você queira comprar um sofá e gostou muito de um modelo que viu em um e-commerce, mas você não tem certeza se o produto é realmente confortável. Então, você vai à uma loja física, sente o conforto do sofá e faz a compra pela internet.

Você já passou por alguma dessas experiências? Provavelmente sim! E o seu cliente também enfrenta essas situações com frequência. Não importa onde ele finalizará a compra, o que realmente deve ser levado em consideração é como as informações que ele busca irão influenciá-lo no momento da compra.

Portanto, não adianta ter uma execução perfeita nas lojas físicas, mas deixar o meio digital de lado. O seu cliente está online e vai buscar informações na internet. E mais: vai considerar muito as avaliações de outros consumidores.

Os números estão aí para comprovar essa realidade: um estudo realizado pela Deloitte apontou que 56% de todas as vendas do varejo já são influenciadas de alguma forma por canais digitais.

Portanto, estar no ambiente online não é uma condição, é imprescindível! E o Trade Marketing não atua somente na internet, ele ainda tem o desafio integrar ações online com as offline.

Como aplicar o Trade Marketing ao seu negócio?

Agora que você já sabe o que é Trade Marketing Digital deve estar se perguntando: e agora, por onde eu começo?

Para te ajudar nessa missão, criamos uma lista com 5 dicas para utilizar o Trade Marketing Digital, confira! 

1. Forneça informações completas sobre o produto

Sempre que for vender um produto pela internet pense na experiência de compra do usuário. Portanto, forneça todas as informações para que ele tenha certeza que está fazendo a escolha correta.

Segundo o Índice de Qualidade do E-commerce – o EQI, o e-commerce brasileiro obteve a nota de 5,32 em 10, o que é muito ruim. Isso mostra que a experiência do consumidor online não está satisfatória.

Portanto, você deve escrever uma descrição completa, imagens de qualidade e título coerente com cada item. É importante também sempre inserir a palavra-chave no texto, pois isso influencia diretamente o SEO da página fazendo com que o site apareça nas primeiras posições do Google.

Além disso, os mecanismos de busca levam muito em consideração a qualidade das informações do produto. Quanto mais relevantes elas forem, mais tempo o usuário vai passar na sua página. Logo, o rankeamento do e-commerce será melhor.

Quando o usuário encontra todas as informações que precisa, a chance da compra ser realizada é grande. Assim, as vendas são otimizadas e o cliente é fidelizado.

2. Foque na experiência do usuário

Investir em experiência do usuário online é fazer com que ele tenha no e-commerce as mesmas sensações que teria se estivesse comprando em uma loja física. Se você se colocar no lugar do seu cliente, terá muito mais chances de aumentar suas vendas.

O usuário precisa encontrar com facilidade tudo o que ele precisa para fazer a compra. Assim, não há reclamações e arrependimento.

3. Aposte no visual

Quando você entra em um site e encontra imagens, vídeos, lâminas HTML, você confia mais nesse e-commerce? Provavelmente sim, não é mesmo? É a mesma situação com o seu cliente. Por isso, aposte no design!

Além disso, assim como nas lojas físicas, e-commerces que valorizam a exposição dos seus produtos nas vitrines digitais, inserindo cada informação nos locais adequados, têm mais chances de aumentar suas vendas.

Dessa forma, o consumidor percebe que a loja online tem uma lógica e é organizada. Por isso, é importante o varejista conhecer os produtos com maior rotatividade para desenvolver estratégias de marketing eficientes. Busque sempre superar as expectativas dos clientes!

4. Monitore a concorrência

Independemente do tipo de negócio, é imprescindível compreender como os seus concorrentes estão trabalhando. Assim, você tem insights do que precisa melhorar e no que deve investir para que os usuários comprem de você e não de um concorrente. 

Busque compreender a fundo as estratégias da sua concorrência, se você estiver perdendo vendas para ela, entenda o motivo disso. A partir daí, você pode traçar ações para superar as dificuldades e se destacar dentre tantos e-commerces espalhados por aí.

O Trade Marketing Digital é uma estratégia revolucionária para quem quer aumentar sua visibilidade online e conquistar clientes fidelizados à marca.

Não dá para negar o poder que a internet tem na vida das pessoas. E mesmo que o e-commerce ainda não represente uma alta lucratividade para os fabricantes, deixar esse canal de lado é perder muitas oportunidades de venda.

O consumidor mudou seus hábitos e está cada vez mais exigente. Então, oferecer uma experiência de compra incrível a ele é o grande desafio para marcas e varejistas. Essa é a principal missão do Trade Marketing Digital.

Agora que você já sabe o poder do Trade Marketing Digital, é hora de adquirir mais conhecimento. Você sabe como precificar seus produtos para vender online? Aproveite e baixe o nosso ebook sobre Estratégias de Precificação Online agora mesmo!

Especialista em Inbound Marketing na Lett e uma jornalista apaixonada pelo que faz. Fascinada por viagens e que adora experimentar comidas diferentes.

Deixe um comentário

Por favor, Log in para comentar
avatar
  Seguir  
Notificação de
6 mins

EQI: a primeira pesquisa que avalia a qualidade do e-commerce brasileiro.