As 9 melhores ferramentas para e-commerce que você precisa utilizar

26 julho - 2018
5 mins

O sonho do empreendedor ou gestor de e-commerce é ver as vendas aumentando, não é mesmo? Porém, para que uma loja virtual cresça de forma escalável, é fundamental contar com uma ajudinha da tecnologia.

Na hora de otimizar a performance da loja virtual e entender o que pode ser feito para melhorar a gestão do e-commerce, o primeiro passo é dividir as operações em nichos, como por exemplo, a precificação, a logística, o atendimento, o marketing, dentre outros. Com essas definições, você já será capaz de entender quais são as fraquezas do negócio e quais etapas dele precisam de um impulso nos resultados.

Pensando nisso, selecionamos as 9 melhores ferramentas para e-commerce que você precisa conhecer hoje mesmo. Elas ajudarão a otimizar seu operacional e proporcionar um crescimento ordenado em sua empresa. Confira!

1. Google Analytics

O Google Analytics é uma das ferramentas para e-commerce que são imprescindíveis. Ele é o apoio que você precisa para tomadas de decisão no negócio com base em inteligência de dados. À primeira vista, pode parecer um pouco complicado, mas essa é uma ferramenta poderosa que oferece informações completas sobre o tráfego da sua loja virtual. Com os dados gerados pelo Analytics, você é capaz de entender quais são os melhores canais de aquisição de tráfego e qual é o desempenho geral do seu site.

Assim, você consegue traçar o perfil de todo seu visitante e compreender se todas as estratégias de marketing e divulgação estão sendo realizadas para o público correto, por exemplo. Além disso, você consegue entender qual a taxa de conversão do site em relação ao número de visitas, calcular o retorno do seu investimento (ROI) e descobrir quanto tempo os usuários passam em seu site.

Boa notícia: a ferramenta é gratuita e existem muitas possibilidades de entender o perfil do seu usuário por meio dela.

2. Placeholder

O Placeholder é uma ferramenta para e-commerce que possibilita a troca de informações com fornecedores de forma rápida e inteligente. Pensando em melhorar a experiência de compra dos usuários, ele soluciona um dos grandes gargalos do e-commerce: o cadastro de produtos.

Com uma carteira de clientes que inclui grandes varejistas online como Americanas.com, Magazine Luiza e Walmart, as soluções de Trade Marketing Digital oferecidas pela ferramenta tornam o cadastro mais eficiente e munido de informações.

Com uma base de dados atualizada com conteúdo de diversos fabricantes, o Placeholder já oferece o formato ideal para ser utilizado automaticamente nas plataformas de e-commerce. Além disso, ele identifica as páginas de produto desatualizadas ou precisando de correções, o que otimiza, e muito, a produtividade de sua equipe de cadastro.

A ferramenta é totalmente gratuita e oferece um catálogo de produtos bem completo. Para acessar, basta entrar aqui.

3. Google Search Console

O Google Search Console, ou o antigo Webmaster Tools, é a plataforma que todo e-commerce deve ter! A grande razão disso é o fato de ele ser o responsável pelo monitoramento da performance orgânica do site. Você já deve saber que o SEO para e-commerce é uma das melhores estratégias para aumentar as vendas e ganhar autoridade na internet sem gastar nada, certo?

Por meio dele você consegue conferir quais palavras-chave os usuários digitam para encontrar a loja e como ela é vista pelo buscador mais famoso do mundo. Ele também oferece insights para otimizar o desempenho do site.

Assim como várias ferramentas do Google, usar o Search Console também é grátis!

4. Google PageSpeed Insights

Você sabia que um segundo a mais no tempo de carregamento de um site pode influenciar em até 20% nas conversões mobile? Por isso, não é mais novidade a importância que o Google dá à performance em dispositivos móveis. Inclusive, isso se tornou mais um fator de posicionamento no gigante das buscas.

Sendo assim, o PageSpeed é uma ferramenta simples e básica que pode ajudar você a otimizar a velocidade de carregamento da loja virtual. Basta acessar a ferramenta e digitar a URL do site que você gostaria de analisar. Ele mostrará o desempenho do site para desktops e dispositivos mobile, além de sugestões para otimizar o carregamento.

O acesso ao PageSpeed é gratuito.

5. Mobile Speed Scorecard

O Mobile Speed Scorecard é uma plataforma do Google também voltada para a performance em dispositivos móveis. Seu grande diferencial é oferecer uma tabela comparativa sobre a velocidade de carregamento dos concorrentes. A ferramenta também vem equipada com uma calculadora que estima o impacto na receita causado pelo tempo de carregamento do site.

O acesso ao Mobile Speed é gratuito.

6. TOTVS

Contar com um Sistema Integrado de Gestão Empresarial, ou ERP – Enterprise Resource Planning, é essencial para que empresas varejistas cresçam de forma escalável. Esse sistema unifica e padroniza todos os fluxos de gestão da empresa em um só lugar. Assim, o trabalho das equipes fica mais ágil e com menos erros operacionais.

Por meio do sistema ERP, toda a parte financeira da empresa está segura em um ambiente. Lá é possível gerar NFs, acompanhar o fluxo de caixa e gerir todo o estoque automaticamente.

O resultado disso é uma maior assertividade na hora de tomar decisões e maior produtividade da equipe. Os benefícios não param por aí, pois, ao reduzir erros de operação, você também reduz gastos desnecessários!

Para ter sucesso na sua escolha por um ERP, é preciso saber que existem várias soluções de destaque no mercado. Antes de tudo, porém, é preciso entender a necessidade e o tamanho da sua para decidir qual deles contratar.

A TOTVS é um dos grandes sistemas de ERP presentes no mercado, que trabalham de forma personalizada de acordo com as necessidades de cada cliente. Por isso, para entender os valores cobrados, é preciso conversar com um consultor.

7. SEMrush

Assim como o Search Console, o SEMrush é uma das melhores ferramentas para analisar e planejar o desempenho em SEO. Ao contrário do Search Console, o SEMrush oferece dados um pouco mais avançados, visto que ele contempla outras formas de aquisição por meio dos mecanismos de busca.

Ele funciona oferecendo métricas relevantes à performance em buscadores – tanto a orgânica quanto a patrocinada, que você deve conhecer pelo nome AdWords ou PPC. Você também é capaz de monitorar, pesquisar e planejar palavras-chave, tanto da sua loja online, quanto de concorrentes.

Se você precisa demonstrar os resultados de um SEO para e-commerce bem feito, uma função interessante dessa ferramenta é a estimativa do quanto você economiza em AdWords com o desempenho atual em SEO, logo no painel principal da plataforma.

O plano mais barato do SEMrush custa $99, o que seria em torno de R$ 375,00. A plataforma também oferece uma versão gratuita que permite 10 pesquisas por dia.

8. Tiny PNG

Com esse post, você já deve saber sobre a importância do carregamento de um site, certo? O que você talvez não tenha se dado conta é que uma prática comum e inocente pode ser uma das razões que detonam o tempo de carregamento da sua loja online em dispositivos móveis: o upload de arquivos de imagem descompactados e com muitos megabytes.

O Tiny PNG oferece uma solução rápida para compactar imagens e adequá-las para a web. Você pode fazer isso gratuitamente para imagens de até 5MB. Fique tranquilo, a qualidade das fotos ainda será ótima e o usuário não verá pixels ou qualquer indício de compactação. Pelo contrário, ele ficará satisfeito em ter um acesso tão rápido ao que ele precisa pelo celular. Sua conversão agradece!

Suas imagens são maiores do que 5MB? O plano Pro do Tiny custa $25 por ano por usuário, o que significa uma média de R$ 95,00.

9. VTEX

A plataforma VTEX traz o que há de mais moderno no mercado para facilitar a vida de um empreendedor de e-commerce. O Smartcheckout, por exemplo, é capaz de aumentar mais de 25% das conversões por meio da compra com um clique.

Se você concilia a loja online com a loja física, já deve ter ouvido falar em omnichannel. A VTEX também tem uma solução para levar a experiência do seu cliente a um outro nível: é o inStore. Por meio de um dispositivo móvel, os vendedores da loja física conseguem acessar dados dos clientes e proporcionar a eles um atendimento especial e personalizado.

A VTEX não cobra por setup ou licenças, mas o melhor caminho para saber o custo da plataforma é por meio da ferramenta de precificação. No site da plataforma você insere sua projeção de faturamento e, com isso, é indicado o plano certo para você.

Com todas essas ferramentas, o próximo passo é analisar seu negócio e suas necessidades. Assim, você entenderá como encaixar a tecnologia no dia a dia do seu empreendimento. É sempre importante lembrar que mesmo com as melhores ferramentas para e-commerce, estudar todos os recursos é indispensável. E mais do que isso: preparar sua equipe para utilizar as soluções com foco em resultados!

E aí, você já conhecia essas ferramentas para e-commerce? Utiliza outra? Conte pra gente nos comentários! 

Quando eu era criança, minha Barbie era a repórter e escrever sempre foi minha maneira preferida de expressão. Descobri o e-commerce, me apaixonei e reuni os dois em forma de carreira. Viciada em pepperoni, passeios ao ar livre e Dota 2.

Deixe um comentário

Por favor, Log in para comentar
avatar
  Seguir  
Notificação de
5 mins
e-commerce quality index

EQI 2019: a qualidade do e-commerce no Brasil, Estados Unidos e América Latina.