Qual é o impacto das imagens do e-commerce no SEO? 

Bookmark(0)
5 mins

A visibilidade na primeira página dos mecanismos de busca e uma boa taxa de conversão são aspectos diretamente relacionados e que fazem toda a diferença para o sucesso de um e-commerce.

Apesar de todo profissional que atua no mercado de comércio eletrônico precisar saber disso, alcançar bons resultados nesses quesitos é um verdadeiro desafio. Exige muito trabalho, dedicação e conhecimento, especialmente sobre SEO.

Há várias maneiras de otimizar a página da sua loja virtual, mas existe um elemento essencial que auxilia nessa estratégia: as imagens. Quer entender melhor como as fotos no e-commerce impactam o SEO e começar a implementar essa tática no seu negócio? Então, está no post certo!

O que é SEO?

SEO é a sigla para Search Engine Optimization, que nada mais é do que um conjunto de técnicas utilizado para otimizar o posicionamento de um site nos resultados de busca orgânica.

Tais estratégias valem para qualquer buscador, mas sempre que falamos de SEO é inevitável pensar no Google, pois é a maior empresa do ramo e também a mais acessada pelos usuários.

O objetivo do SEO é simples: aumentar a visibilidade de um site, fazendo com que ele alcance os primeiros resultados das páginas de pesquisa. Como consequência, o site terá mais tráfego orgânico.

Por que é importante investir em SEO para e-commerce?

A jornada de compra do consumidor online é omnichannel. Quando ele pensa em comprar algo, é comum acessar os mecanismos de busca para pesquisar sobre o produto.

Um estudo realizado pela SPC Brasil mostra que 90% dos consumidores pesquisam o produto na internet, incluindo aqueles aqueles que não abrem mão da loja física. Os indicadores são ainda mais interessantes porque revelam que 60% de todos os cliques são nas três primeiras páginas da busca, desconsiderando qualquer outro site a partir delas.

Nesse cenário, investir em SEO é crucial para ter a sua marca presente em toda jornada de compra do consumidor atual. Há diversas maneiras de implementar essa estratégia no seu negócio, como:

  • Otimizar o cadastro de produtos do e-commerce com palavras-chave presentes desde a URL até a descrição;
  • Fornecer uma descrição completa do item ofertado na sua loja virtual;
  • Otimizar as imagens do seu site.

É esse último item que vamos dar destaque neste post. O motivo? Você entenderá no próximo tópico!

Qual a relação entre imagens e SEO?

Segundo a Rakuten, 91% dos consumidores se sentem mais atraídos ao realizar uma compra se a oferta mostrar fotos ou vídeos. Isso prova que as fotos são fundamentais para captar a atenção do consumidor.

É simples entender esse impacto se pensarmos em como funciona uma loja física. O que desperta a atenção do cliente é a vitrine, com os produtos expostos, preços e a forma que os itens estão distribuídos. 

A mesma coisa acontece no ambiente online: as fotos cumprem o papel da vitrine, ou seja, elas atraem o clique do consumidor. É por meio delas que os clientes conseguem  materializar o produto que não podem tocar ou experimentar. 

Logo, investir em imagens influencia a conversão do seu e-commerce. Se elas estiverem otimizadas, ou seja, seguindo as boas práticas de SEO, melhor ainda, pois as chances das imagens aparecerem nos mecanismos de busca são maiores.

Se a imagem desperta o desejo do consumidor de saber mais sobre o produto, então, você consegue se destacar da concorrência.

Como usar as imagens do meu e-commerce para melhorar o SEO?

Apesar da importância das imagens, elas ainda são um desafio para quem tem um e-commerce. Primeiro, porque o volume é grande e as equipes são enxutas. Por isso, nem sempre há tempo para otimizar todas as fotos.

Outro obstáculo é a qualidade das imagens. Muitas vezes, os fornecedores não enviam fotos de qualidade e os e-commerce precisam pegar fotos genéricas e sem apelo comercial, o que prejudica a vitrine online.

Por último, as fotos são os elementos que mais pesam uma página na web, de acordo com o HTTP Archive, o que pode afetar o carregamento do site. Como consequência, a página pode perder pontuação nos critérios de ranqueamento nos mecanismos de busca, já que 53% dos visitantes abandonam uma página que demora mais de 3 segundos para carregar. 

Mesmo com todos os desafios, as imagens são imprescindíveis para melhorar a sua estratégia de SEO e a boa notícia é: todos esses desafios são contornáveis. Para aproveitar o potencial das imagens e otimizá-las você precisa seguir as seguintes recomendações: 

Tamanho

O recomendável é que as imagens em um e-commerce tenham no mínimo 640 x 480 pixels (para imagens retangulares) e 640 x 640 pixels (para imagens quadradas). Elas ainda precisam ser leves, por exemplo,imagens de 800×600 pixels devem ter de 128KB a 597KB. 

Seguir essas diretrizes diminui o tempo de carregamento da sua página, além de facilitar a experiência do consumidor via mobile. Como resultado, o seu site tem um desempenho melhor no ranqueamento dos mecanismos de busca.

Resumindo, a melhor imagem é que a oferece a melhor qualidade com o menor peso possível. Duas ferramentas contribuem para garantir o redimensionamento e otimização das fotos: o TinyPNG e o Image Resize. 

Dimensão

Para obter sucesso no SEO é importante que a sua imagem seja nítida. A nitidez é alcançada pela quantidade de pixels, e quanto mais pixels a foto tiver, maior será sua qualidade. 

Para garantir uma boa imagem, opte pelos formatos JPG, PNG ou GIF. Também é importante se preocupar com o peso da foto. Caso o seu e-commerce esteje demorando para carregar as fotos e você queira investigar a dimensão da foto, basta clicar F12 (se você usa Windows) que aparece as informações para você.

Veja um exemplo abaixo:

Nome do arquivo

Esse é um dos aspectos que mais impactam o SEO da sua loja virtual. Se você já aplica as técnicas de otimização na descrição dos produtos e outras áreas do site, sabe o quão importante inserir a palavra-chave para conseguir um bom ranqueamento.

Usar a palavra-chave no nome do arquivo da sua imagem contribui para que ela seja “lida” pelo Google e apareça nos resultados de busca. Portanto, o nome do arquivo deve ser personalizado de acordo com o produto. Veja o exemplo abaixo:

imagem-seo-ecommerce

Dessa forma, quando o usuário buscar por “guarda-chuvas”, “guarda-chuvas colorido” ou algo relacionado a esse termo, o Google tem maiores chances de apresentar o seu produto nas buscas.

Além do título do arquivo, você precisa otimizar o alt text (texto alternativo) da sua imagem. Quando você pesquisa uma foto no Google Imagens, o buscador mostra o resultado de acordo com o alt text, ou seja, a descrição simples da imagem. 

Por exemplo, a mesma imagem de guarda-chuvas pode ter o seguinte alt text: “diversos guarda-chuvas coloridos sob o céu azul visto de baixo para cima”. 

No caso do e-commerce, se a sua imagem tem alt text, ela pode aparecer no resultado de busca e o cliente, ao clicar na foto, vai direto para o seu site. 

É complicado garantir todas essas informações? Pois saiba que você pode garantir o envio fotos pelos fabricantes mais padronizados para inserir no seu e-commerce. Ferramentas de automação, como o Placeholder, permite reunir todos os dados dos fabricantes em um só lugar e simplificar o cadastro de itens, inclusive das fotos.

Esses são as diretrizes básicas para que as imagens impactem positivamente as técnicas de SEO da sua loja virtual. Claro, existem outras ações que podem ser melhores executadas e também ainda muitas dúvidas em como usar as imagens otimizadas a favor do seu e-commerce. 

Quer saber mais sobre o assunto? Baixe grátis o nosso e-book sobre o tema!

Escrever é o que me move, por isso escolhi ser jornalista. Sempre levo um livro na bolsa, gosto de acompanhar tudo sobre tecnologia e troco fácil uma balada pela Netflix.

Deixe um comentário

Por favor, Log in para comentar
avatar
  Seguir  
Notificação de
5 mins
e-commerce quality index

EQI 2019: a qualidade do e-commerce no Brasil, Estados Unidos e América Latina.