O que é market share: por que você precisa entender o conceito para se tornar líder de mercado

10 outubro - 2018
4 mins

Imagine que o mercado em que sua empresa atua seja representado por um gráfico em formato de pizza. Qual é o tamanho da fatia que sua empresa detém nesse mercado? É justamente esse “pedaço de mercado” que pode ser entendido como o market share.

Mas o que é market share? 

Market share é o pedaço ou quota de mercado. Ou seja, é a participação de uma empresa no mercado em termos das vendas de um determinado produto ou em relação ao número de clientes.

Conhecer esse conceito é fundamental para a gestão de sua marca, sobretudo ao realizar investimentos em e-commerce.

Com o uso das ferramentas adequadas, sua marca pode aumentar o seu potencial de vendas e, consequentemente  ampliar sua participação em seu mercado. Quer saber como? Continue a leitura!

Como calcular o market share?

Entre todas as métricas que podem ajudar gestores na análise do sucesso de um negócio, o market share é uma das mais importantes. Essa avaliação permite que a marca tenha a real dimensão de seu volume de vendas ou da capacidade de atração de mais consumidores em comparação com seus concorrentes.

Ao conhecer seu market share, uma empresa é capaz de compreender quais as suas forças e dificuldades no mercado em que atua, comparar seu tamanho com a concorrência e mensurar a aceitação dos seus produtos.

Três formas de calcular o market share

O cálculo do market share de uma empresa em um mercado específico pode ser feito de três formas:

  • Pelo volume de vendas
  • Pelo faturamento
  • Pelo número de clientes

Independentemente de qual das três opções de cálculo será utilizada, é preciso ter a clareza de que a definição do mercado tem de ser feita a partir do que a empresa considera como concorrência.

Os números apresentarão grande divergência caso a empresa avalie um mercado local ou o mercado global ao realizar o cálculo de market share, e se considera ou desconsidera determinado tipo de produto.

No caso de uma marca de roupas masculinas, por exemplo, a comparação pode ser feita com outras indústrias da mesma cidade, do estado ou de todo o país. Essa análise dependerá de qual a abrangência dessa marca no mercado.

Caso essa empresa alcance R$ 50 mil em vendas em um mês num mercado onde a indústria de moda masculina movimenta R$ 400 mil mensais, ela terá market share de 12,5%.

Como chegamos a esse valor? O market share é o faturamento de vendas da empresa dividido pelo faturamento desse mercado.

Market share = valor do volume de vendas da empresa / valor do mercado

Esse cálculo também poderia ser feito pelo número de peças comercializadas.

Exemplo real de market share

Para que seja possível ter uma noção mais clara de como é feito o cálculo do market share, vamos utilizar o exemplo de operadoras de telefonia celular no Brasil. De acordo com dados da Anatel, esse mercado em 2017 era dividido da seguinte forma:

  1. Vivo: 73.777.893 de clientes
  2. TIM: 63.417.935 de clientes
  3. Claro: 60.170.933 de clientes
  4. Oi: 42.138.249 de clientes
  5. Nextel: 2.588.222 de clientes
  6. Algar (CTBC Telecom): 1.341.550 de clientes
  7. Porto Seguro: 452.408 de clientes
  8. Copel (Sercomtel): 71.474 de clientes
  9. Datora: 57.885 de clientes
  10. Outras: 7.180 de clientes

Considerando, portanto, que esse mercado conta com mais de 244 milhões de clientes (soma de toda a clientela de todas as operadoras), o market share das quatro principais operadoras de telefonia celular do Brasil equivale a:

  1. Vivo: 30,23%
  2. TIM: 25,98%
  3. Claro: 24,65%
  4. Oi: 17,26%
  5. Todo o restante: 1,85%

Nesse caso, utilizamos o número de um órgão oficial para chegarmos às participações das operadoras no mercado de telefonia celular. Todavia, nem sempre será possível encontrar números como esses à disposição.

Assim, para calcular o market share, pode ser necessária a contratação de uma empresa que faça pesquisas de mercado.

Contudo, quando falamos em e-commerce, é possível encontrar ferramentas que deem a dimensão da participação de uma indústria no mercado ao detectarem qual é a percepção dos consumidores em relação à marca.

Qual a importância do market share no e-commerce?

O comércio eletrônico está em constante crescimento no Brasil. No entanto, o aumento da atuação de marcas torna o e-commerce cada vez mais competitivo. O que observamos atualmente é que, independentemente do tamanho de um nicho de mercado, sempre haverá concorrentes lutando pela atenção dos consumidores.

Diante desse cenário, a relação entre compra e venda de produtos sofre variações constantes. Portanto, é imprescindível que as marcas tenham conhecimento de como está a disputa no mercado em que atuam e qual o tamanho de seu market share.

Outras métricas podem maquiar percepção dos resultados de uma indústria. Quer entender melhor? Responda a seguinte pergunta: um crescimento de 10% ao ano pode ser considerado alto?

Essa resposta depende do seu mercado de atuação. Caso os concorrentes tenham alcançado taxas de crescimento muito maiores, o progresso de sua marca não necessariamente terá sido tão relevante quanto poderia aparentar em uma primeira análise. Justamente por isso é importante manter atenção ao market share.

Conclusão

A partir do conhecimento desses números, uma empresa pode planejar metas e chegar a resultados mais exatos sobre o negócio.

No caso que citamos, se as demais empresas daquele nicho de mercado apresentam crescimento superior, é sinal de que a marca está perdendo espaço e já não é capaz de atrair tantos clientes.

Em contrapartida, caso o volume de vendas seja maior do que a média das empresas desse ramo de atuação, aquela indústria estará no caminho certo. Em vez de alterar as estratégias adotadas, o ideal para seguir crescendo será aprimorá-las.

Portanto, ao gerir uma indústria, não se esqueça de analisar constantemente qual é o seu market share. Ampliar as estratégias no comércio eletrônico deve ser um caminho a ser considerado para superar os concorrentes e aumentar o tamanho da fatia de sua marca.

Atualmente, o e-commerce brasileiro vivencia uma disputa entre Mercado Livre e B2W pela primeira colocação no market share. As vendas online das duas gigantes movimentam centenas de bilhões de reais a cada ano. Marcas que adotarem boas estratégias nesse mercado ampliarão consideravelmente seu faturamento.

Quer saber mais sobre a aplicação desse conceito em lojas virtuais? Então, descubra como isso funciona na prática. Confira o artigo Por que criar parcerias com varejistas para vender mais no e-commerce?

Jornalista, com MBAs em Marketing Digital e Gestão de Negócios, é especialista em produção de conteúdos para web. Um atleta frustrado, mas ainda assim fascinado por esportes.

Deixe um comentário

Por favor, Log in para comentar
avatar
  Seguir  
Notificação de
4 mins
eqi ecommerce quality index

EQI: a primeira pesquisa que avalia a qualidade do e-commerce brasileiro.