Taxa de ruptura de estoque no e-commerce em fevereiro 2021: veja a evolução

Bookmark(0)

Se você já tentou comprar um produto online e se deparou com uma mensagem de “produto indisponível” ou “avise-me quando chegar”, então sabe na pele como isso pode ser frustrante para o consumidor. 

Além de afetar bastante a experiência de compra, a ruptura no e-commerce diminui as receitas de varejistas e fabricantes. Por isso é fundamental acompanhar de perto a disponibilidade dos produtos, também conhecida como OSA (On Shelf Availability).

Qual foi a taxa de ruptura de estoque no e-commerce em fevereiro de 2021?

A ruptura de estoque no e-commerce em fevereiro de 2021 foi de 36,4%, a mesma taxa do mês de janeiro. Em outras palavras, de cada 100 produtos a venda em diversas lojas online, 36 deles não estavam disponíveis para compra.

Para calcular a ruptura no e-commerce, analisamos a indisponibilidade de produtos de 7 categorias entre os dias 1º a 28 de fevereiro: 

  • Alimentos e Bebidas;
  • Produtos para Bebês;
  • Beleza e Perfumaria;
  • Cuidados Diários;
  • Pet Shop;
  • Saúde;
  • Utilidades Domésticas.

O nível dos estoques se manteve relativamente estável até o dia 16 de fevereiro, quando a taxa de indisponibilidade subiu 4,56%. Após retornar temporariamente ao patamar anterior, o índice voltou a subir nos dias 24 e 25, os dois pontos de maior indisponibilidade de produtos em todo o mês. 

O aumento da taxa de ruptura nesses dois dias foi observado em todas as categorias, com destaque para Cuidados Diários, Produtos para Bebês, Alimentos e Bebidas. 

Como foi a ruptura de estoque no e-commerce por categoria em fevereiro de 2021? 

Utilidades Domésticas

Ao analisar a disponibilidade de produtos por categoria, é possível observar que a de Utilidades Domésticas foi a mais afetada em fevereiro. No mês, 45 em cada 100 itens estavam indisponíveis para compra no e-commerce. 

Os picos de ruptura se deram nos dias 16, 24 e 25 de fevereiro, chegando a atingir 47,9% das mercadorias de Utilidades Domésticas. 

Apesar disso, a tendência ao longo do mês foi de queda da indisponibilidade na categoria: a taxa de ruptura chegou no seu patamar mais baixo justamente no último dia do mês, com um índice de 42,7%.

ruptura estoque e-commerce fevereiro 2021

Disponibilidade de estoque de Utilidades Domésticas. Em fevereiro, apenas 54,8% dos produtos da categoria estavam disponíveis para compra.

Pet Shop

A categoria de Pet Shop foi a segunda mais afetada pela indisponibilidade de estoque em fevereiro, chegando a 38,7%.

Durante todo o período houve uma tendência de queda na disponibilidade de produtos. A ruptura se intensificou ainda mais nos dias 21 e 22 de fevereiro, atingindo respectivamente 44,5% e 45,5% dos produtos da categoria.

Os estoques foram repostos logo em seguida, mas a tendência de queda na disponibilidade continuou até o final do mês.

ruptura estoque e-commerce fevereiro 2021

Disponibilidade de estoque na categoria de Pet Shop. Em fevereiro, apenas 61,3% dos produtos da categoria estavam disponíveis para compra.

Alimentos e Bebidas

A terceira categoria mais afetada pela ruptura no e-commerce em fevereiro foi a de Alimentos e Bebidas, que chegou a 37%.

Como mostra o gráfico abaixo, houve quedas relevantes de disponibilidade dos produtos nos dias 16, 24 e 25 de fevereiro. Nessa última data, 43 de cada 100 produtos estavam indisponíveis para compra, o pico para a categoria no mês.

ruptura estoque e-commerce fevereiro 2021

Disponibilidade de estoque de Alimentos e Bebidas. Em fevereiro, apenas 62,9% dos produtos da categoria estavam disponíveis para compra.

Cuidados Diários

Em fevereiro, a categoria de Cuidados Diários teve uma taxa de ruptura de 35,9% no e-commerce. Assim como em outros casos, a indisponibilidade de produtos cresceu bastante nos dias 24 e 25 de fevereiro, chegando a atingir 41 em cada 100 itens. 

A partir do dia 26, porém, o nível dos estoques foi regularizado. Com isso, a taxa de ruptura retornou à média de 35%.

ruptura estoque e-commerce fevereiro 2021

Disponibilidade de estoque na categoria de Cuidados Diários. Em fevereiro, apenas 64,1% dos produtos da categoria estavam disponíveis para compra.

Produtos para Bebês

Na categoria de Produtos para Bebês, a taxa de ruptura online em fevereiro foi de 30,2%. As flutuações foram ligeiras até o dia 16 de fevereiro, quando a indisponibilidade de produtos teve sua primeira grande alta no mês. 

Movimentos semelhantes foram observados nos dias 18 e 25, momentos em que o índice de ruptura atingiu respectivamente 35,2% e 35,6%. No dia seguinte, porém, cada uma dessas quedas foi normalizada.

ruptura estoque e-commerce fevereiro 2021

Disponibilidade de estoque na categoria de Bebês. Em fevereiro, 69,7% dos produtos da categoria estavam disponíveis para compra. 

Beleza e Perfumaria

Ao longo de fevereiro, 26,2% dos produtos de Beleza e Perfumaria estavam indisponíveis para compra no e-commerce. 

O ponto de maior ruptura foi no dia 18 de fevereiro, quando atingiu 30,5% dos produtos. No dia seguinte, porém, o nível dos estoques foi normalizado: em 19 de fevereiro, a ruptura de Beleza e Perfumaria no e-commerce foi de apenas 24,6%.

ruptura estoque e-commerce fevereiro 2021

Disponibilidade de estoque para Beleza e Perfumaria. Em fevereiro, 73,7% dos produtos da categoria estavam disponíveis para compra.

Saúde

A categoria de Saúde foi a menos afetada pela ruptura de estoque em fevereiro — no mês, a indisponibilidade de produtos nesse segmento foi de 24,9%.

O ponto de maior ruptura ocorreu no dia 18 de fevereiro, quando chegou a atingir 31 em cada 100 produtos. Já no dia 19, porém, a disponibilidade nesse segmento foi restabelecida, seguindo em tendência de alta até o final do mês.

ruptura estoque e-commerce fevereiro 2021

Disponibilidade de estoque para a categoria de Saúde. Em fevereiro, 75,1% dos produtos da categoria estavam disponíveis para compra. 

Acompanhe todos os dados atualizados da ruptura de estoque no e-commerce

Ao longo desse artigo, você viu as taxas de ruptura no e-commerce em fevereiro de 2021 para 7 grandes categorias. 

Se quiser ficar ainda mais por dentro, você já pode acompanhar os dados de ruptura do mês de março. É só acessar o Relatório de Disponibilidade de Estoque no E-commerce. Nele, você encontra atualizações diárias dos dados de ruptura online, podendo filtrar por período ou por categoria.

Além disso, é importante saber como está a experiência de compra online quando o assunto é informação nas páginas de produto. Por isso, te convido a conhecer o E-commerce Quality Index, o único índice que avalia se título, descrição, imagens, avaliações e comentários estão adequados no e-commerce para fazer o consumidor comprar sem ter dúvidas ou se arrepender depois. 

Publicitário pela UFMG, baiano com orgulho e apaixonado por cinema. Atualmente é graduando de economia e adora um bom papo sobre política.

0 0 vote
Article Rating
Seguir
Notificação de
guest
2 Comentários
antigo
recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo
Rodrigo
2 meses atrás

Muito legal ver essas evoluções de métricas!
Serve de base para definição de targets para os KPIs da indústria e varejo

Karine Figueiredo
Administrador
2 meses atrás
Reply to  Rodrigo

Obrigada pelo feedback, Rodrigo! Estamos buscando ser cada vez mais baseado em dados para gerar valor para indústria e varejo.

EQI 2020: a qualidade do e-commerce sob a perspectiva do consumidor final.